Garantia

 

Muda Certa - Mudas de Plantas

Serviços de assessoria e fornecimento de mudas de plantas certificadas para fins de reflorestamento, compensação ambiental e paisagismo.

contato@mudacerta.com.br | +55 11 99436-2382 | Enviamos e atendemos em todo o Brasil

reflorestamento

Em busca da Conservação Produtiva

plantio abandonado

O que é Conservação Produtiva?!

Trata-se de um conceito interessante que podemos aplicá-lo nos procedimentos de avaliação da viabilidade de nossas florestas privadas, na concepção de pomares com foco em frutíferas nativas, na organização de agroflorestas, aproveitamento de reservas legais e o próprio planejamento de ambientes em processos de regeneração natural. Que tal?!

O termo “Conservação Produtiva” se desenvolveu no Sul da Bahia em áreas de produção cacaueira e tem seu marco teórico regulatório os estudos de Lobão (2007) e, um pouco mais recentemente, o eBook de Setenta e Lobão (2012) disponível aqui. Nestas regiões, a produção do cacau exige uma densidade arbórea mínima, para que condições edáficas e microclimáticas garantam a produção e sustentabilidade econômica do cacau (Theobroma cacao). Portanto, esse modelo de produção agrícola é um “laboratório de estudo” para a investigação de técnicas e iniciativas que busquem produções de culturas agrícolas mais sustentáveis do ponto de vista ambiental, social e econômico.

Sob a ótica do desenvolvimento sustentável, por sua vez, a preocupação com a conservação e uso responsável dos recursos naturais soma-se a uma valorização das questões sociais, dos bens públicos globais, bem como dos serviços e ativos ecossistêmicos que os sistemas de produção são capazes de proporcionar, tais como: (i) florestas e biodiversidade; (ii) água; (iii) clima; (iv) agricultura de baixo impacto; (v) produção sustentável e (vi) inclusão produtiva (erradicação definitiva da pobreza, do analfabetismo e baixa qualidade de vida) (Setenta e Lobão 2012).Nessa perspectiva, os ATIVOS ECOSSISTÊMICOS representam os produtos ou serviços ambientais oferecidos pelos ecossistemas de forma direta ou indireta à sociedade.

A Conservação Produtiva como o caminho para as nossas iniciativas de restauração

Agora, você acha mesmo que a Conservação Produtiva é uma linha de pensamento que pode ser entendida apenas no caso da produção cacaueira do Sul da Bahia?! Convido você, então, a assistir a essa rápida apresentação que sintetiza os principais resultados dos levantamentos de vegetação realizados na região de Juquitiba (domínio Mata Atlântica) com foco em estimar a biodiversidade vegetal (quais as espécies que ocorrem e a distribuição delas na comunidade) e avaliar o potencial de regeneração natural dos remanescentes que formam complexos mosaicos sucessionais no entorno da base de campo da Brasil Bioma (Polisel et al. 2010; Polisel e Franco 2011; Polisel 2011; Polisel 2013). Esses são tópicos de pesquisa básica elementar para qualquer projeto de restauração ecológica.

Infelizmente, a restauração do modo que é praticada, sem a real preocupação com a biologia das espécies plantadas, não é sustentável de maneira a garantir a restauração da biodiversidade e nem o estímulo da regeneração natural. Veja nos exemplos abaixo implicações no caso de algumas escolhas mal conduzidas:

– Plantio com predomínio de espécies pioneiras:

A escolha pelo plantio com predomínio de espécies pioneiras pode dar a impressão inicial de bom desenvolvimento da restauração, mas após alguns anos com o avanço da senescência de muitas árvores, o dossel do plantio se torna irregular e aberto, possibilitando a entrada de luz e o desenvolvimento de gramíneas exóticas invasoras (Figura 1).

As espécies pioneiras são as preferidas dos viveiros de plantas nativas, por serem fáceis de serem produzidas e apresentam um bom desenvolvimento no campo. No entanto, este grupo de espécies representa uma ínfima parte da nossa biodiversidade vegetal e, por isso, um plantio com o predomínio de espécies pioneiras é praticamente um desserviço à restauração da biodiversidade.

sub-bosque

Figura 1: Sub-bosque de plantio com 10 anos de regeneração em trecho monitorado pela equipe técnica do Programa Muda Certa em Birigui, SP, que constatou abertura de dossel em local com predomínio de espécies pioneiras.

– Plantio com a utilização de espécies exóticas com potencial invasor

O plantio de espécies fora da sua área de ocorrência natural ou mesmo o plantio de espécies exóticas com potencial invasor tem um alto risco de não estimular a regeneração natural e até mesmo impedir o estabelecimento de indivíduos regenerantes de espécies locais por causa da invasão biológica ou a superdominância de populações desequilibradas (Figura 2).

Assim, para garantirmos uma restauração sustentável que gere serviços ecossistêmicos, proteja e restaure a biodiversidade, temos que adotar algumas novas práticas. E essas novas práticas também estão alinhadas com o conceito da Conservação Produtiva, que estamos expandindo aqui.

plantio abandonado

Figura 2: Trecho de plantio abandonado com o predomínio da espécie exótica Leucaena leucocephala (leucena).

Hoje, discute-se muito, por exemplo, a utilização da Reserva Legal como complementação de renda ao proprietário rural. A Reserva Legal é uma área particular protegida localizada no interior de uma propriedade ou posse rural, em que se proíbe a supressão total da vegetação, mas se permite o seu manejo de forma sustentável.

Algumas das ações permitidas em Reservas Legais desde que os planos de manejo e aproveitamento sejam aprovados pelo órgão Estadual competente são:

– Manejo de regeneração para colheita de espécies com interesse econômico;

– Sistemas Agroflorestais;

– Pomares e quintais caseiros e

– Árvores associadas com culturas anuais.

Nessas situações, desde que devidamente aprovado, o plantio de espécies exóticas será permitido, com o prévio estudo e pesquisa bibliográfica de que a espécie a ser utilizada não possui potencial natural de ser tornar invasora. Para maiores informações sobre o assunto, consulte a matéria sobre o tema publicada na revista Visão Agrícola e disponível aqui.

Considerações finais

A ideia de sustentabilidade, tão largamente explorada, é mais complexa do que se pensa. Economistas com viés ambiental e ecólogos vêm discutindo o tema há quase 40 anos e concluíram que são necessários novos indicadores, que possam avaliar de forma simultânea a resiliência ecossistêmica, qualidade de vida e o desempenho econômico (Setenta e Lobão 2012).

E, de fato, mesmo em propriedades particulares, é difícil pensarmos numa área que possui o foco na conservação e não incentivarmos nenhuma ação de produção para complementação de renda, mesmo que seja para a extração seletiva de algum recurso oriundo de seus remanescentes. Hoje em dia, faz muito pouco sentido uma abordagem segmentada: apenas produção ou apenas conservação.

As relações homem-natureza constituídas na formação e manutenção do sistema cabruca, comum na produção cacaueira do Sul da Bahia, deram origem e criaram as bases para um processo produtivo inovador, a Conservação Produtiva. Diferentemente dos demais modelos agrícolas produtivistas, de intenso uso de capitais e agroquímicos, o cacau-cabruca permitiu a conservação de remanescentes florestais que circundavam as áreas antropizadas, bem como a permanência de indivíduos da floresta primária como proteção de topo e lateral do cacaueiro (Setenta e Lobão 2012).

E nessa perspectiva, o programa Muda Certa expande o conceito da Conservação Produtiva para aplicar em outras iniciativas pró ativas de restauração da paisagem numa lógica atual de uso e ocupação do território com foco na conectividade e retorno dos processos ecológicos, conforme observado no vídeo acima.

Você tem interesse em plantar mudas e obter as espécies corretas no seu plantio de restauração?! Deseja que elaboremos o projeto de Restauração da sua área degradada ou que conectemos a sua propriedade com os remanescentes do entorno a fim de que possa compartilhar funções ecológicas importantes e tornar Florestas e/ou outras fitofisionomias Ativas do ponto de vista ecológico?!

Clique aqui e consulte as soluções que o Programa Muda Certa possui para a sua necessidade!

Comments

  • 26/09/2018
    reply

    joaquim carlos de paiva

    Muito bom todo conhecimento mas eu ainda estou cursando,.espero que o muda certa fas milhoês de plantios.,

LEAVE A COMMENT